domingo, 10 de março de 2013

PETISMO MACABRO & ** DÍVIDA INTERNA MORTAL **

A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, O CORRUPTO MINISTÉRIO DA FAZENDA E O FAJUTO BANCO CENTRAL, EVITAM FALAR SOBRE A ABSURDA E CRIMINOSA ** DÍVIDA INTERNA ** DO BRASIL, ''PARA NÃO ALIMENTAR O TEMOR NACIONAL E INTERNACIONAL SOBRE UMA POSSÍVEL FALÊNCIA DAS NOSSAS INSTITUIÇÕES E EMPRESAS PÚBLICAS'', HAJA VISTO, A TOTAL DESORDEM EXISTENTE NA CONTRATAÇÃO DE DÍVIDAS NO SETOR PÚBLICOS DO PAÍS, BEM COMO, A ULTRAJANTE *MANIPULAÇÃO E FALTA DE TRANSPARÊNCIA* SOBRE TODOS OS DADOS COLETADOS E INFORMADOS PARA A SOCIEDADE, RELATIVOS AOS VERDADEIROS NÚMEROS ECONÔMICOS VIVIDOS OU ALCANÇADOS PELO PAÍS.

OS NÚMEROS ALCANÇADOS PELA ECONOMIA BRASILEIRA JÁ SÃO DO CONHECIMENTO DE TODOS, E COMO A ESPERANÇA É A ÚLTIMA QUE MORRE, ESPERA-SE UMA NOVA REALIDADE PARA O ANO DE 2013, APESAR DE TODOS OS INDÍCIOS EXISTENTES SEREM CONTRÁRIOS A UMA NOVA REALIDADE.

COM UMA * DÍVIDA INTERNA * NA ORDEM DE '' R$ 1,8 TRILHÕES '', ''VALOR MAIOR QUE O APRESENTADO PELA GRÉCIA EM SUA MORATÓRIA'', FICA DIFÍCIL ACREDITAR EM UMA MELHORIA NA ECONOMIA NACIONAL, PRINCIPALMENTE QUANDO OBSERVAMOS A TOTAL FALTA DE INICIATIVA DESSE NOSSO CORRUPTO GOVERNO PETISTA, EM PROMOVER UMA SERIA REDUÇÃO NOS SEUS ESTÚPIDOS GASTOS GOVERNAMENTAIS, VISANDO MELHORAR TODO ESSE QUADRO DE DESEQUILÍBRIO FINANCEIRO VIVIDO PELO PAÍS.

SÃO R$ 280. BILHÕES PAGOS SÓ COM JUROS RELATIVOS A ESSA MONUMENTAL DÍVIDA INTERNA, E QUE SOMADOS AOS AVASSALADORES NÚMEROS RELATIVOS A CORRUPÇÃO EXISTENTE NO PAÍS, E PATROCINADA POR ESSA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA QUE NOS GOVERNA, QUE IMPOSSIBILITAM QUALQUER ALTERAÇÃO NO QUADRO ECONÔMICO DO BRASIL, LEVANDO-NOS A CONVIVER COM PEQUENOS SURTOS DE CRESCIMENTO E VERDADEIRAS TEMPESTADES DE INSTABILIDADES ECONÔMICAS E SOCIAIS.


VIVA O BRASIL, DA INCOMPETÊNCIA PETISTA E DA OMISSÃO CIDADÃ DO POVO BRASILEIRO

** SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL ** -- "UMA QUASE *INUTILIDADE* PÚBLICA DO BRASIL" -- O VIAGRA DA CORRUPÇÃO BRASILEIRA.

O ((*SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL*)) TEM EM SEU PODER OS MAIS ((*COMPLETOS*)) E ((*INCONTESTÁVEIS*)) PROCESSOS CRIMINAIS, NOS QUAIS S...