domingo, 24 de fevereiro de 2013

DILMA FIONA + RENAN + HENRIQUE = PROMISCUIDADE ABSOLUTA

A NOSSA ASSASSINA DE BRASILEIROS, SEQUESTRADORA, ASSALTANTE DE BANCOS E PRESIDENTA DO BRASIL, DILMA FIONA PINÓQUIO ROUSSEFF, NÃO TEM O MENOR RESPEITO PELO SEU CARGO E PELO POVO BRASILEIRO.

SUAS MANIFESTAÇÕES DE ALEGRIA COM A ELEIÇÃO DE VERDADEIROS CORRUPTOS PARA COMANDAR O SENADO FEDERAL E A CÂMARA FEDERAL, ENVERGONHA TODO O BRASIL E CAUSA UMA PROFUNDA PREOCUPAÇÃO PARA TODA A SOCIEDADE, HAJA VISTO, OS TRÊS PRINCIPAIS POSTOS DE COMANDO DA NAÇÃO ESTAREM SUBORDINADOS A VERDADEIROS CRIMINOSOS E SUAS VORAZES PRERROGATIVAS CONSTITUCIONAIS, PODENDO SE ASSIM DESEJAREM, ALTERAR EM TODOS OS SENTIDOS O RUMO DA NAÇÃO BRASILEIRA E DOS SEUS INFELIZES CIDADÃOS.

TER O RENAN CALHEIROS COMO PRESIDENTE DO SENADO FEDERAL, O HENRIQUE ALVES COMO PRESIDENTE DA CÂMARA FEDERAL, E DILMA ROUSSEFF COMO PRESIDENTA DO BRASIL, É A MAIOR CONSAGRAÇÃO ALCANÇADA POR UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA INSTALADA EM UM GOVERNO DEMOCRÁTICO, FAZENDO DO BRASIL O PRINCIPAL ''REDUTO'' DE TODAS AS ''MAFIAS'' E ''ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS'' EXISTENTES NO MUNDO.

ESSA TRÍPLICE UNIÃO DE CORRUPTOS, RETRATA O QUANTO A SOCIEDADE BRASILEIRA É ALIENADA E IRRESPONSÁVEL PARA COM AS SUAS VIDAS E O SEU DESTINO.

A SUA PASSIVIDADE DIANTE DE TANTOS CRIMES PRATICADOS CONTRA O SEU BEM ESTAR, NÃO É VISTA EM NENHUMA PARTE DO MUNDO.

A INVALIDEZ POLÍTICA E A OMISSÃO CIDADÃ DE CADA BRASILEIRO, FAZ DO BRASIL UM PAÍS DE FRACOS E COVARDES, ONDE MEIA DÚZIA DE OPORTUNISTAS VAGABUNDOS, USAM O VOTO CONQUISTADO EM ELEIÇÕES LIVRES E SOBERANAS, COMO *AVALIZADORES* PARA A PRATICA DE TODOS OS POSSÍVEIS CRIMES, ALÉM DOS OBSCENOS ''ESCUDOS DE DEFESA'' CONTIDOS NAS *IMORAIS IMUNIDADES PARLAMENTAR*.


VIVA O BRASIL,  DOS OMISSOS, COVARDES E IMORAIS ELEITORES BRASILEIROS.

*SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL* -- EM PRIMEIRO LUGAR O BRASIL, "MAS SÓ APÓS O RECESSO", O POVO ESPERA, "É TUDO MANSO". -- *VIVA AS FÉRIAS*

É ESTARRECEDORA A *POSTURA* ADOTADA PELOS MINISTROS DA MAIS ALTA CORTE DE JUSTIÇA DO PAÍS, O ((*SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL*)), DIANTE DA ATU...