terça-feira, 11 de outubro de 2011

S.T.F. - MINISTRO MARCO AURÉLIO - SÓCIO DE FUNERÁRIA.

É EPIDÊMICA AS MORTES OCORRIDAS NAS RUAS, AVENIDAS E ESTRADAS DO BRASIL.

DO DESPREPARO DAS NOSSAS ESCOLAS FORMADORAS DE MOTORISTAS,  AO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO QUE DESCARTA A EDUCAÇÃO CÍVICA DOS SEUS CIDADÃOS  NO TOCANTE AO CUMPRIMENTO DAS LEIS DO PAÍS,  PASSANDO PELA IMPUNIDADE DOS INFRATORES DAS LEIS DE TRÂNSITO,  E CHEGANDO A CONIVÊNCIA E DA PURA IRRESPONSABILIDADE DOS HOMENS RESPONSÁVEIS PELA PUNIÇÃO DOS INFRATORES.  * A CARNIFICINA NAS RUAS, AVENIDAS E ESTRADAS DO BRASIL, SERÁ POR MUITO TEMPO, UMA TRAGÉDIA NACIONAL.*

UM EXEMPLO ESTARRECEDOR DE CONIVÊNCIA E IMPUNIDADE VIVIDO RECENTEMENTE PELO BRASIL, EM QUE UM MOTORISTA BÊBADO ATÉ A ALMA, ATROPELA E MATA DUAS PESSOAS,  E QUE TEM O SEU CRIME CONSIDERADO COMO DOLOSO,  OU SEJA, SEM A INTENÇÃO DE MATAR, É VERGONHOSO E REVOLTANTE;  ALÉM DE OFENDER TODA A SOCIEDADE, E AGREDIR TODOS FAMILIARES DAS VÍTIMAS.

COMO UM MOTORISTA,  CONSCIENTE DOS EFEITOS DANOSOS DO ALCOOL SOBRE A SUA MENTE E O SEU CORPO, AO ASSUMIR A CONDUÇÃO DE UM VEÍCULO APÓS INGERIR BEBIDAS ALCOOLICAS,  NÃO É RESPONSABILIZADO CRIMINALMENTE COMO UM ''HOMICIDA'' QUALIFICADO.

O MINISTRO DO S.T.F. MARCO AURÉLIO DE MELO,  AFIRMA EM SUA SENTENÇA PROFERIDA SOBRE O CASO CITADO, QUE NENHUM CIDADÃO AO BEBER, TEM A INTENÇÃO DE MATAR, SENDO PONDERÁVEL AO CASO, CONSIDERAR UMA SIMPLES FATALIDADE O ACIDENTE OCORRIDO.

NESSA SENTENÇA, O NOBRE MINISTRO DESRESPEITA A NOSSA CONSTITUIÇÃO E FERE DE MORTE A LUTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA,  NO QUE REFERE-SE A MELHORIA DA SEGURANÇA NO TRANSITO EM TODO O PAÍS.

A LEI É CLARA.   QUEM INGERI BEBIDA ALCOOLICA ''NÃO PODE DIRIGIR.''

VIVA O BRASIL, COM A SUA IMPUNIDADE SACRAMENTADA NO S.T.F.

** QUAL O "LIMITE" QUE SEPARA O [ RESPEITO CONSTITUCIONAL ] DE UMA EXPLÍCITA [ TOLERÂNCIA COM O "CRIME" ] ??? ** -- [ A VERGONHA NA CARA OU AS JUSTAS LUTAS E CONFLITOS ] ???

A ((*NAÇÃO BRASILEIRA*)) ESTAR RIGOROSAMENTE ((*DOMINADA*)) E ((*COMANDADA*)) POR UMA *EXPLÍCITA* E *DESTRUTIVA* (((*ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA*...